Escape

.

Lágrimas são fumaças
Feito o desfeito
Perdido e ferido
Só um vazio completo
Ter já não é mais
Ficar é só querer
Borboletas piscam
Encantado entardecer
Sentir não faz mais sentido
Deixar e assim voar
Caminhar sem rumo
Destinar-se a só
Da raíz brota terra
Descartado aproveitável
Virar sem se mexer
Fixo olhar
Crianças páram de chorar
Cavar é não ter saída
Afundar
Lágrimas são desabafos
Lástimas
Não viver não é morrer
Fugir e se esconder
Lembranças são eternas

Lágrimas…

.

Anúncios

Sobre henrique

Quando nada existia... quando tudo era impossível... Em meio ao imenso vácuo deixado pelo mar de coisas... Quando já absorto de fartas esperanças... ... eis me aqui!
Esse post foi publicado em Poesias e marcado , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s